Imagem capa - Por quê fotografar o seu bebê de 4 meses? por Jaqueline Porto
Desenvolvimento infantilLifestyleEnsaios de Famílias

Por quê fotografar o seu bebê de 4 meses?

Olá, mamãe, papai e família. Vim aqui, neste post, contar porque os 4 meses são um dos marcos gostosos para fazer um ensaio fotográfico do seu bebê. Tenho certeza que você vai achar bem interessante, também! 😍

 


Falando em bebê...




Piscou e antes, tão indefeso, o bebê já vira a cabeça para todos os lados e acompanha os movimentos da mãe ou de quem está por perto, andando para lá e pra cá. Da mesma maneira, começa a entender que tem mãos e interage com elas, com os brinquedos pendurados e com os demais, que o cerca. E quando puxa os pés e coloca na boca? Ai coração de mãe não aguenta mesmo.

 

Segura, que tem mais: começa a se comunicar e chamar a atenção por meio de gritinhos e sons; apoiado nos cotovelos de barriga para baixo, levanta a cabeça para olhar ao redor e, este olhar mais observador, junto a um sorrisinho de lado então, já é um grande motivo para você querer parar o tempo! Pode confessar para mim, quantas vezes já se pegou babando neste momento?

 



Quer mais ainda? Como ele já passa a gostar de brincar com as pessoas e até para de mamar, para prestar atenção em tudo. Curioso que fala, né? Aliás, a brincadeira é também fundamental para o desenvolvimento humano, em diversas fases. Mas isso é papo para outro post, um outro dia 😊.


Registrar, sim, este marco dos 4 meses!

 

Nessa nova fase que o bebê entra - inclusive tem o tal salto de desenvolvimento dos 4 meses -, além de você conviver com tantas mudanças em tão pouco tempo, é hora também de registrá-las! Isso mesmo: fotografar, filmar, pois as fases passam tão rápido e, quanto mais etapas vão chegando, mais difícil fica de se lembrar de cada uma, com tantos detalhes. E isso, eu posso te falar com propriedade, rs!

 

Um ensaio fotográfico do seu bebê de 4 meses, estando dentro do acompanhamento fotográfico ou não, é justamente para que você pare o tempo nesta fase, não deixando nenhum detalhe de lado.

 



Feito em casa, dentro da sua rotina - o chamado estilo de fotografia lifestyle -, fica ainda mais bonito e gostoso, pois seu pequeno está no ambiente dele, nos horários dele, com as coisinhas dele. A interferência é praticamente imperceptível e mais do jeito que eu gosto: espontânea e atemporal!


Lifestyle nos 4 meses, Jaque?

 

Sim, isso mesmo! Vou abrir aqui um parêntese rapidinho para explicar. 

 



A fotografia Lifestyle é uma modalidade em que o fotógrafo vai até o local onde tenha significado para a família e todo o ensaio é feito ali. Normalmente e ainda, em se tratando de fotografia de bebês, este local costuma ser a própria casa. 

 

Sem montagens, sem muito planejamento, sem grandes intervenções, existe o registro da rotina de maneira simples e natural. A espontaneidade fala alto neste dia e o olhar do fotógrafo nestes momentos, é fundamental.

 

Eu particularmente, adoro fazer isso! Agora voltando à fotografia dos 4 meses...


Mas e nós, mamães?




Pois é, sempre nos pegamos falando dos filhos, para os filhos, com os filhos...mas e nós, mamães?

 

Nesta fase dos 4 meses, muitas mães chegam com algumas preocupações e uma delas é o retorno ao trabalho. Vou te dizer então que é mais um motivo para ter esses momentos gravados em um álbum fotográfico, inclusive. Sim, porque apesar de tanto trabalho, tantas noites sem dormir direito; de todas as preocupações, dos horários certos, incertos e da rotina; das vacinas que mais doem nelas do que nos pequenos…

 

Apesar de tudo novo e exaustivo, o amor supera tudo! E nos 4 meses, quando vem junto com um sorriso espontâneo e o olhar fixo admirando a sua musa maior - sua mãe - então...qualquer esforço a mais é compensado! Portanto, toda mãe merece isso de presente, sim!

 

Acredite: ter, depois de meses ou até anos, como olhar pra trás e se deliciar com tantos momentos especiais como esses, é algo indescritível, sem preço! Principalmente com eles no colo, olhando junto e rindo, interagindo, perguntando...Não deixe isso se apagar, com o tempo.