More Website Templates @ TemplateMonster.com - August11, 2014!

Como fazer a festa de 1 ano perfeita

abril 19, 2018

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×

Parto, amamentação, introdução alimentar… O 1º ano de vida de uma criança é sempre desafiador para os pais, mas tem aquele momento mágico, o pote de ouro no fim do arco-íris: a festa de 1 ano. Se você é mãe de 1ª viagem, como eu, com certeza se pegou pensando em como organizar esse momento. Seja bolinho ou festão, passar em branco não dá, né? Vamos combinar! Então, baseada na minha experiência com fotografia infantil AND mãe da Leona, separei umas dicas sobre o antes e o durante para que tudo saia o mais perfeito possível.

A criança não aproveita a festa

– Tire do seu coração essa ideia. É óbvio que não se compara com o aproveitamento de uma criança de 5 anos, mas a festa de 1 ano tem outros propósitos e simbolismos. Entre eles, o fato de que é a comemoração da “sobrevivência” de vocês nestes primeiros 365 dias e também uma chance única de reunir pessoas que vocês gostam e não tiveram tanto contato durante esse período.
– Ah, mas falando sobre o bebê: com exceção de probleminhas de saúde, ele aproveita sim, principalmente se a festa for produzida pensando nas necessidades do aniversariante. Dá uma olhada nas fotos abaixo.

festa de um ano com brincadeiras adequadas a todas as idades

Organize tudo pensando no bebê

– Se a meta é a criança aproveitar, o planejamento da festa tem que priorizá-la. O tema, talvez, seja a única coisa possível de escolher levando em consideração apenas o desejo de vocês. Mas, o restante…

Horário e local

– Não adianta agendar festa justamente no horário do sono do seu filho. Sinto muito, mas as chances de a criança ficar enjoada por não dormir são enormes. Ou então querer dormir no meio da festa. Acontece também. Se a festa vai será em mês frio, pense sobre alugar espaço fechado, mas se nasceu no verão, aproveite isso a seu favor. Além do resultado fotográfico ficar maravilhoso, vocês podem investir em recreação ao ar livre e um tom mais informal.

festa de um ano no inverno: opte por ambientes mais fechados festa de um ano no verão: escolha as melhores opções da estação

Animação e brinquedos:

– Claro que tem que levar em consideração a idade das crianças convidadas, mas acreditem, pensem mais no filho de vocês. Na minha opinião, festa de 1 ano não combina muito com animações espalhafatosas, com uso de microfone e muito barulho. Normalmente, contratar um contador de histórias ou investir em animações lúdicas, com rodinha de música, brinquedos interativos costuma ser a melhor opção.

Sobre brinquedos: pula pula e piscina de bolinhas já resolvem muita coisa, tanto para bebês quanto para os maiores. Se não quiser contratar animação, uma área baby com brinquedos adequados a idade do seu filho ajuda bastante.

festa de 1 ano: animação para a família toda

O orçamento: 

– Esse é o X da questão. Como mãe festeira, oriento vocês a começar a guardar dinheiro e pesquisar fornecedores cerca de 6 meses antes. Fica mais fácil negociar descontos se você pode pagar à vista ou então aumentar o parcelamento para nada ficar pesado. Porém, antes disso, faça a lista de convidados e separe homem – mulher – criança (idade da criança). Alguns blogs dão dicas de como organizar a lista de convidados mas compreenda que, normalmente, festa de 1 ano vão alguns convidados por amor, outros por educação. Então, pense nisso com carinho e siga sua intuição e seu orçamento. É comum que na festa de 2 anos a lista diminua consideravelmente.

Com a lista pronta,  dá para ter melhor ideia sobre o local e demais detalhes relacionados a quantidade de pessoas. Tem que ser casa de festas? Nem sempre, mas entenda que a vantagem das casas de festas é que eles resolvem tudo por você e já existem várias com bom conceito para bebês de 1 ano. Festa no play vale a pena? Sim, é lindo, eu amo, mas prepare-se para participar ativamente de todas as decisões e de toda a organização. Ah, e nem sempre festa em Play é sinônimo de economia.

Antes que eu me esqueça: piquenique também é uma opção linda e divertida, costuma ser mais econômico e funciona bem nos meses mais quentes e em festas com poucos convidados (máximo de 80).

Opinião de mãe:

– Adoro participar ativamente de todos os detalhes e quando posso, ainda uso a família a meu favor, que é um ótimo recurso para economizar e deixar tudo mais afetivo. Então, se você tem uma tia ou irmã que pode fazer a papelaria ou lembrancinhas, chama ela. Uma avó ou bisa que faça alguns doces ou comidinhas, quem sabe? Primos ou colegas que possam te ajudar a comprar as coisas nas lojas ou até mesmo organizar o salão no dia. Acho fantástico festas assim. Me encanta ver a participação da família!

Sobre fornecedores:

– Em relação a isso, algumas ponderações: após ter a lista de convidados e escolher horário e local, defina prioridades. Para mim, fundamental é um bom buffet, espaço adequado e fotografia. Todo o restante cabem adequações, mas esses 3 determinam o sucesso do durante e do depois do evento. Não falo isso porque sou fotógrafa, mas pela simples questão: adianta investir muito (ou até pouco) e não ter uma ótima lembrança depois?

Assim sendo, pesquise! Pesquise MUITOOOO e quando achar que já pesquisou o bastante faça mais um pouco. Parece neurose, mas o mercado de fornecedores de festas é muito amplo e além da diferença de valores, tem também as particularidades dos serviços oferecidos, o que está incluso ou não e, claro, o talento e a credibilidade. Não tenha medo de tirar todas as dúvidas e estranhe bastante o fornecedor que não tiver paciência para te responder ou não trabalhe com contrato. Peça indicações e não acredite em “ofertas tentadoras”.  Podem não compensar seu estresse depois.

organizando a festa de um ano: mantenha a rotina da criança

Dito tudo isso, quero te dar umas últimas dicas preciosas para o momento da festa:

– É normal ficarmos ansiosos e atrapalhados no dia. Mas não é nada legal quebrarmos a rotina da criança. Ela é um bebê e as chances de não entender porque o dia está descompensado e ficar irritada, são grandes. Peça ajuda a alguém, mas mantenha a rotina de sono e alimentação da sua criança nos dias que antecedem a festa e principalmente no grande dia. Pode ter certeza de que isso fará uma enorme diferença no humor do seu filhote durante a comemoração.

Outra dica: sim, as pessoas querem beijar e abraçar muito o seu filho, mas tente controlar um pouco isso. A razão? Simples! Isso incomoda muito. Mesmo que ele ainda não ande, diminua um pouco o colo e priorize que ele brinque na festa, aproveite os brinquedos, a animação e os coleguinhas. Peça para que os parentes mais próximos (avós, tios e padrinhos) cheguem cedo para que as fotos posadas sejam feitas logo no começo e depois deixe a criança brincar.

Aproveite a festa: 

– Acredite, passa muitooooo rápido e só quando fiz a festa de 1 ano da Leona me dei conta disso e consegui entender os sentimentos dos meus clientes. Não permita se estressar nesse dia. Aproveite a comida e bebida e brinque com seu filho, porque ele é o principal motivo daquele momento. Não precisa ficar super preocupada em recepcionar os convidados, eles podem ir ao seu encontro. Invista na sua alegria.

registre cada momento da festa de um ano do seu filho

Ah, e a dica de 1 milhão de dólares, a última: não se endivide.

E você mãe ou fornecedor, tem alguma dica para compartilhar conosco? Deixe sua opinião nos comentários.

Ah, e para você não ter mais dúvidas, posto aqui o vídeo da festa de 1 da Clara (Que nem fui eu que fotografei, tá?) feito pelo nosso parceiro de filmagem, Bicho Papão Filmes. Vai dizer que ela não se divertiu e que não é uma lembrança linda para a vida inteira? Comemorem!

, , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×